Decisões guiadas pela voz de Deus

0 comentários

 ‭"Os israelitas examinaram as provisões dos heveus, mas não consultaram o Senhor." (Josué 9.14) 

Quantas vezes baseamos a nossa decisão naquilo que os olhos veem e negligenciamos a voz do Senhor?

Foi isso que os israelitas fizeram após encontrar os gibeonitas. Ao verem aqueles homens com as roupas gastas e com os suprimentos endurecidos, assumiram que tudo que eles diziam era verdade: vinham de uma terra distante, para buscar aliança com Israel.

Considerando a materialidade de tudo que viram e o discurso convincente que ouviram, tomaram a decisão de fazer uma aliança com aquele povo, mas não fizeram menção de consultar o Senhor.

Bastaram 3 días para descobrirem que aquele povo estava mais próximo do que imaginavam e tinham sido enganados! Para honrar a palavra que deram àqueles homens, precisaram deixá-los viver em meio ao povo de Israel, fato que não agradava ao Senhor.

Precisamos lembrar que somos seres espirituais e que Deus está aberto a nos dirigir pelos caminhos que O agradam. Não precisamos nos precipitar, nem ter orgulho em querer tomar uma decisão por nós mesmos! 

Diante de decisões importantes, ore a Deus e busque ouvi-lo, aconselhando-se nos princípios da Sua Palavra. Permita que o Espírito Santo sonde o seu coração, trazendo à tona intenções ocultas e revelando o Seu querer para a sua vida.

As decisões que tomamos debaixo da orientação de Deus evitam males e nos aproximam de viver a plenitude dos sonhos que Ele tem para nós!

Aproxime-se a sua vida de Cristo Jesus. Convide-o para ser Seu Senhor e Salvador! Clique aqui.

O caminho do sobrenatural

0 comentários

Muitas vezes, Deus nos desafia com situações que parecem impossíveis do ponto de vista humano. Nessas ocasiões, a dúvida pode preencher nossos corações, especialmente quando sabemos que o desafio vem do próprio Deus.

Tendemos a enfocar as limitações que impedem a realização do desafio. Este foi o caso em Números 11.18-22:

"Diga ao povo: Consagrem-se para amanhã, pois vocês comerão carne. O Senhor os ouviu quando se queixaram a ele, dizendo: ‘Ah, se tivéssemos carne para comer! Estávamos melhor no Egito! ’ Agora o Senhor lhes dará carne, e vocês a comerão. Vocês não comerão carne apenas um dia, ou dois, ou cinco, ou dez ou vinte, mas um mês inteiro, até que lhes saia carne pelo nariz e vocês tenham nojo dela, porque rejeitaram o Senhor, que está no meio de vocês, e se queixaram a ele, dizendo: ‘Por que saímos do Egito? ’ "Disse, porém, Moisés: "Aqui estou eu no meio de seiscentos mil homens de pé, e dizes: ‘Darei a eles carne para comerem durante um mês inteiro! ’ Será que haveria o suficiente para eles se todos os rebanhos fossem abatidos? Será que haveria o suficiente para eles se todos os peixes do mar fossem apanhados? "

Quando Moisés ouviu de Deus que o povo deveria se preparar para comer carne - não apenas uma vez, mas fartamente e por muito tempo - ele questionou como isso poderia acontecer. Afinal, eles estavam no deserto e a população era gigantesca!

Contudo, quando Deus se propõe a realizar algo, não precisamos nos preocupar com os meios. Ele é capaz de criar um caminho sobrenatural, mostrando-nos que as limitações são humanas e que Ele pode ir além de qualquer pensamento ou expectativa.

“O Senhor respondeu a Moisés: "Estará limitado o poder do Senhor? Agora você verá se a minha palavra se cumprirá ou não"…Depois disso, veio um vento da parte do Senhor que trouxe codornizes do mar e as fez cair por todo o acampamento, a uma altura de noventa centímetros, espalhando-as em todas as direções até num raio de uma caminhada de um dia. Durante todo aquele dia e aquela noite e durante todo o dia seguinte, o povo saiu e recolheu codornizes. Ninguém recolheu menos de dez barris. Então eles as estenderam para secar ao redor de todo o acampamento.” (Números 11.23;31-32)

No final, Deus cumpriu sua promessa trazendo codornizes do mar, fornecendo mais que o suficiente para todos. Este milagre serve como um lembrete do poder de Deus e de sua capacidade de realizar o que parece impossível!

Assim, se Deus compartilhou algum desafio contigo que parece irrealizável, confie Nele. Aja de acordo com Sua orientação e veja o milagre que Ele fará para Sua própria glória!

Quer conhecer mais a respeito de Cristo? Clique aqui.

Religiosidade versus Relacionamento: O Chamado de Jesus para um Fardo Leve

0 comentários

"Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas..." (Mateus 23.13)

Todo religioso é um hipócrita em potencial.

Mas o que realmente significa ser religioso? É alguém que se apega a ritos, regras e cerimônias, confiando que essas ações lhe trarão redenção.

Os mestres da lei e os fariseus eram considerados religiosos. Eles valorizavam práticas que não eram valorizadas por Jesus.

Enquanto davam grande importância ao dízimo, negligenciavam a justiça, a misericórdia e a fidelidade.

Honravam o que estava sobre o altar e dentro do santuário, mas ignoravam o verdadeiro significado desses lugares.

Criavam longos filactérios para serem vistos pelos outros, mas seu interior continuava corrompido. Uma clara demonstração de hipocrisia.

Jesus nos convida a uma transformação que começa de dentro para fora. Ele nos torna criaturas novas, capacitadas a viver uma vida desvinculada do que éramos antes, pelo poder do Espírito Santo.

A vida que Jesus nos oferece não está limitada a ritos, lugares e cerimônias, mas é um convite para um relacionamento verdadeiro. Ele mesmo nos chama: "Vinde a mim, todos vós que estais cansados e sobrecarregados..." (Mateus 11.28)

Não é um convite para mais peso, mas para um fardo leve!

Não se deixe enganar pela hipocrisia da religiosidade, mas abra-se para um relacionamento vivo com o Filho de Deus!

Quer entregar a sua vida a Jesus Cristo? Clique aqui e saiba mais!

Pregação - Pérola de Grande Valor

0 comentários

 






Pregação realizada em 03/12/2023, na Igreja Evangélica Monte Carmelo, em São Paulo/SP.

O Reino dos céus também é como um negociante que procura pérolas preciosas. Encontrando uma pérola de grande valor, foi, vendeu tudo o que tinha e a comprou." (Mateus 13.45-46)

1. Você sabe identificar aquilo que realmente é precioso?
É necessário desenvolver sensibilidade espiritual!

2. A pérola de grande valor não divide espaço com outros tesouros.
Renúncia: quando decidimos seguir a Deus, Ele ressignifica tudo ao nosso redor, tudo passa a ser dEle, estar a serviço dEle e o que não serve precisa sair.

3. O quanto você se deleita na pérola de grande valor?
Precisamos amar mais ao Senhor e nos alegrar em Sua companhia! Precisamos pedir a Ele que coloque louvor em nossos lábios, desejo de ouvir e viver conforme a Palavra ensina.

Quer conhecer mais a respeito de Jesus e da salvação que encontramos nEle? Clique aqui!

older post
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...